Vereadores querem deter ordem satânica

Blog da Rose Câmara de Vereadores

Projeto de lei de autoria dos vereadores Antônio Flôres (PSB) e Jorge Schneider (PTB) pretende deter em Campinas o desenvolvimento de uma ordem satânica mundial profetizada na Bíblia, segundo a justificativa da proposta. Segundo eles, essa ordem está descrita no livro de Apocalipse e tem como tarefa identificar o indivíduo com a “marca da besta” representada pelo número 666. Para evitar a consolidação dessa ordem, eles propõem que seja adotada na cidade, a proibição da colocação de chips, fios óticos ou qualquer dispositivo eletrônico sob a pele ou qualquer outra parte do corpo humano.
Os vereadores sustentam que a identificação prevista em Apocalipse já estaria em curso no Brasil por meio de mecanismos oficiais, como o Sistema de Identificação Civil – que vai juntar num só, os documentos pessoais.

“Infelizmente, de forma sorrateira, já existem no Brasil diversas formas de implantação de chips que, pretensamente, simulam ferramentas de segurança, mas que escondem uma verdade nua e crua”, dizem. “Há um grupo de pessoas que busca monitorar e rastrear cada passo de cada ser humano, a fim de que uma satânica ‘Nova Ordem Mundial’, seja implantada”, justificam eles.

Apresentado no ano passado, o projeto de agora recebeu um substitutivo. Libera o chip para o uso de sistema de controle feitos pela Justiça, como as tornozeleiras eletrônicas ou os aparelhos de saúde, como marca-passos. Também deixa o uso facultativo.“O que não aceitamos é que as pessoas sejam submetidas a esse tipo de identificação contra a vontade”, justifica.
Flôres.

Segundo ele, um movimento contra a identificação está crescendo na região. Em Santa Bárbara d’Oeste já virou lei e projetos semelhantes, de acordo com ele, tramitam nas câmaras de Piracicaba e Limeira. O projeto foi protocolado na 2ª feira, mas antes de ser levado a votação, terá de passar pela Comissão de Legalidade da Câmara. Ainda não há previsão para votação em plenário.

Texto: Tote Nunes

Sobre o autor

Rose Guglielminetti

Rose Guglielminetti

Sou editora-executiva do Jornal Metro de Campinas e comentarista política da Band-Campinas. Também sou âncora do programa "Bastidores do Poder", que vai ao ar todos os dias das 13h10 às 14h, na Band Campinas. Apresento ainda o Entrevista Coletiva, programa a Band. Tenho paixão pela minha profissão de repórter. E entre tantas editorias a de Política é a das que mais me atrai. E isso fez com que me enveredasse por esse caminho ao longo de minha carreira. Como repórter de Política sempre busquei oferecer notícias de bastidores do poder. E é isso que irei procurar fazer neste blog.

Comentários

  • Com tanto assunto sério, como a migração, a miséria, a fome,questões de como vai se desenvolver econômica e socialmente a cidade, seu Plano Diretor e suas implicações para o futuro da cidade,ver vereadores pautando a Câmara com assuntos desta irrelevância, assentado em suposições e com argumentos desses naipes é extremamente desolador com a representação atual na Câmara.

Deixe o seu comentário