Projeto prevê ‘Escola sem Censura’

BRASIL

Cerca de uma semana depois da apresentação do projeto “Escola Sem Partido” – de autoria do vereador Tenente Santini (PSD) – a vereador Mariana Conti (Psol) reagiu e protocolou na Câmara de Campinas, uma proposta  que pode ser considerada antagônica.

Chamado de ‘Escola Sem Censura”, o projeto tem como objetivo, garantir a autonomia de professores e estudantes, segundo explica a vereadora.

“Nosso objetivo é defender a liberdade e a autonomia dos professores, estudantes e funcionários das escolas, como também combater as diversas formas de violência contra as mulheres, violência de gênero, discriminação preconceito e discursos de ódio”, diz a vereadora.

“Escola é lugar de saber sistematizado, de conhecimento científico, de desenvolvimento de senso crítico,” finaliza.

Entre outras coisas, o projeto ‘Escola Sem Partido’ determina que o professor deve se abster de opinar sobre assuntos não relacionados à disciplina. Também não poderá estimular alunos a participarem de manifestações políticas ou atos públicos.

Sobre o autor

Rose Guglielminetti

Rose Guglielminetti

Sou editora-executiva do Jornal Metro de Campinas e comentarista política da Band-Campinas. Também sou âncora do programa “Bastidores do Poder”, que vai ao ar todos os dias das 13h10 às 14h, na Band Campinas. Apresento ainda o Entrevista Coletiva, programa a Band. Tenho paixão pela minha profissão de repórter. E entre tantas editorias a de Política é a das que mais me atrai. E isso fez com que me enveredasse por esse caminho ao longo de minha carreira. Como repórter de Política sempre busquei oferecer notícias de bastidores do poder. E é isso que irei procurar fazer neste blog.

Comentários

  • Esse legislativo de meia tigela, acostumado a votar lei do estilo “7 a 1” e dar nome de ruas, somente, agora quer inovar no ordenamento jurídico e prever princípios gerais para a educação?

    Ministro Barroso já derrubou lei semelhante nos confins do Nordeste e o caso será julgado em pleno.

    Mas por óbvio, esse bando de mentecaptos do legislativo campineiro está alheio ao que acontece no país e no mundo e pretende, somente, agradar uma pequena parcela de eleitos que pensam tão pequeno quanto.

    E pensar que cada campineiro tira do bolso, em média, cerca de 100 reais para sustentar esse antro circense que é o legislativo da cidade.

    ACORDEM!

  • A Sra. Vereadora Mariana Conti Takahashi é uma cria a mais da lavagem cerebral feita na UNICAMP. Radical de esquerda desde seu tempo de estudante na própria Universidade, quer fazer o mesmo com o ensino fundamental e médio municipal. Nada contra sua opção pela esquerda radical, pois parece ser boa vereadora.

    No entanto, no curso de Sociologia que ela fez, política faz parte, mas entre jovens do ensino público não é adequado. A missão das escolas é formar, dando conteúdo, e educar sem ideologias.

    • Esse tipo de projeto é o típico mamilo do homem, não é útil e nem ornamental….

      Quer ver um típico representante da esquerda se enrolar todo, deixe-o falar, ele mesmo vai acabar se contradizendo, pois quase todos são filósofos de botequim, gente que aprendeu sobre algum autor lendo resumos de vestibular.

      Essa gente é socialista nos dedos e na voz, mas sempre capitalistas no bolso como disse Roberto Campos: “admiram o socialismo de Fidel Castro, mas adoram também três coisas que só o capitalismo sabe dar – bons cachês em moeda forte, ausência de censura e consumismo burguês”.

      Por que a vereadora não aterrissa e pare de tentar alcançar o Éden através de projetos de lei inócuos?

      Como diz Rodrigo Salomón, faça-me o favor….

    • Mas é justamente para garantir a pluralidade de ideias que veio este projeto da vereadora. Que, aliás, não seria necessário se o tenente vereador não tivesse enviado o projeto de lei que censura o debate em sala de aula. Quem tem medo de debater, é pq sabe que está errado ou está querendo esconder alguma coisa.

      • Esses ESQUERDAOPATAS, QUEREM TER PERMISSÃO E LEGALIDADE, PARA TOMAR O LUGAR DA FAMÍLIA DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES, E FORMAR MILITANTES POLÍTICOS, BURROS, QUE NÃO ESTUDAM, MAS SÃO MASSA DE MANOBRAS, DESSES PARTIDOS DE DITADORES COMO VENEZUELA, CUBA E OUTROS MAIS MISERÁVEIS. LIBERDADE SIM, IDEOLOGIA NUNCA !!!!

  • Esse Pedro Bala é um reacionário da pior categoria, conservador e chupa saco da elite e da igreja… criaturinha acrítica que quer que todo mundo leve no traseiro sem reclamar.

      • mas você é um burro de massa… você faz parte do grupo que segue a elite sem criticar nada, um animal castrado e com viseiras, sendo arrastado pela corrente que quer manter a supremacia de quem é milionário e o empobrecimento cada vez maior da população… e sua besta, ninguém aqui quer que o Brasil seja Cuba e venezuela não… esse seu argumento pútrido só mostra que você é a massa de manobra com texto repetido de internet.

Deixe o seu comentário