Aqui política se discute.
Início » Após Vitale, internações e cirurgias aumentam no Ouro Verde

Após Vitale, internações e cirurgias aumentam no Ouro Verde

Após a saída da Organização Social Vitale da gestão do Hospital Ouro Verde foi registrado um aumento no atendimento, segundo o presidente da Rede Mário Gatti, Marcos Pimenta.

O número de internações subiu 18% no primeiro quadrimestre deste ano, quando comparado com o mesmo período do ano passado. Passou de 1.920 para 2.278. No total, em 2018 foram 5.658 internações e de janeiro a abril deste ano foram registrados 2.278.

Já os procedimentos cirúrgicos tiveram um aumento ainda mais significativo: 39,5%. No primeiro quadrimestre de 2019, foram registradas 1.850 cirurgias, ante 1.326 no mesmo período de 2018. De dezembro de 2017 a abril de 2019, foram 5.660 cirurgias.

A Prefeitura de Campinas retomou a gestão hospitalar após o Ministério Público fazer uma devassa na unidade hospitalar e revelar um esquema de corrupção que causou prejuízos de R$ 24 milhões. O MP fez quatro operações e prendeu servidores públicos, diretores da Vitale e empresários. Segundo o MP, o esquema envolvia recebimento de propina, superfaturamento de exames e procedimentos médicos, entre outras irregularidades.

Os dados divulgados hoje (23/07) revelam que o que sempre falamos: além do prejuízo financeiro, o campineiro também pagou um alto preço. A capacidade assistencial da unidade aumentou depois da mudança de gestão.

Marcos Pimenta diz que a Rede Mário Gatti substituiu as empresas prestadoras de serviço no Hospital Ouro Verde e também os funcionários ligados à Vitale. Priorizou o atendimento de urgência e emergência e o abastecimento de insumos (materiais e medicamentos).

Também reforçou as equipes assistenciais como anestesia, cirurgia geral, cardiologia, entre outras. Segundo Pimenta, ao contratar, por exemplo, a equipe de especialidade de oftalmologia houve a reativação de 200 cirurgias de catarata por mês na unidade hospitalar.

Rose Guglielminetti

Rose Guglielminetti

Sou comentarista política da Band-Campinas. Também sou colunista do programa "Bastidores do Poder", que vai ao ar todos os dias das 13h20 às 14h, na Band Campinas. Entre tantas editorias a de Política é a das que mais me atrai. E isso fez com que me enveredasse por esse caminho ao longo de minha carreira. Como repórter de Política sempre busquei oferecer notícias de bastidores do poder. E é isso que irei procurar fazer neste blog.

Adicionar comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rose Guglielminetti

Rose Guglielminetti

Sou comentarista política da Band-Campinas. Também sou colunista do programa "Bastidores do Poder", que vai ao ar todos os dias das 13h20 às 14h, na Band Campinas. Entre tantas editorias a de Política é a das que mais me atrai. E isso fez com que me enveredasse por esse caminho ao longo de minha carreira. Como repórter de Política sempre busquei oferecer notícias de bastidores do poder. E é isso que irei procurar fazer neste blog.

Marcos Andrade

Marcos Andrade

Marcos Andrade é formado em jornalismo pela Unesp e pós graduado em Gestão da Comunicação em Mídias Digitais pelo Senac. Com passagens pelas rádios Band News FM e Bandeirantes de Campinas, é produtor do programa Bastidores do Poder da Band Campinas desde 2016.

Zezé de Lima

Zezé de Lima

Jornalista que começou no Diário do Povo, quando a sede era na César Bierrembach, e com histórias no Jornal de Domingo e Correio Popular. Na última década, já fiz de tudo na Band Campinas. Hoje posso fazer só o que gosto.

Mais Categorias