Início » Asfalto na Vila Industrial revolta moradores de bairro histórico

Asfalto na Vila Industrial revolta moradores de bairro histórico

O asfaltamento da rua João Teodoro, na Vila Industrial, bairro histórico de Campinas, deixou os moradores revoltados. A via tem paralelepípedos. Para eles, a obra além de descaracterizar o bairro, que tem um grande número de casas tombadas como patrimônio histórico da cidade, ainda trará problemas quanto à impermeabilização do solo. Indignados, os moradores arregaçaram as mangas e iniciaram um abaixo-assinado que tem quase mil assinaturas contra o asfaltamento.

“Comprei uma casa histórica na vila industrial de 1924 e a restaurei para preservar o patrimônio de Campinas. Acordei com uma trepidação na estrutura da minha casa. A prefeitura está destruindo os paralelepípedos históricos destruindo a memória do bairro operário mais antigo da cidade”, disse Ana Villanueva, arquiteta e historiadora, que mora no bairro. Ela foi a responsável pela criação do abaixo-assinado.

Os moradores disseram que o asfalto vai passar ao lado da igreja São José, que vai completar 100 anos em 2021.

Outra preocupação é quanto ao prejuízo que pode ser provocado nas estruturas das casas devido à ausência de fundações neste local.

Outro morador de Campinas, Antonio Carlos Pompêo de Camargo Neto, defende que o asfalto seja retirado e a rua volte a ter os paralelepípedos. “Além da preocupação com a preservação da história de Campinas, manifesto que esta ação desnecessária pode causar impermeabilização do solo e aumentar a intensidade das enchentes no córrego do Piçarrão.. também poderia ter sido feita na periferia de nossa cidade, tendo em vista a grande quantidade de ruas em área urbana sem pavimentação, onde se vê terra e erosão.”.

Operários trabalham na pavimentação da rua

Outro lado

Em nota, a Prefeitura de Campinas informou que os paralelepípedos não são tombados como patrimônio. Ressaltou que a Rua João Teodoro está recebendo asfalto, em toda extensão, porque é uma das principais vias do bairro e itinerário de ônibus. “O asfalto nessa rua vem atender a uma demanda da população que mora e circula pela região. A obra vai melhorar as condições de tráfego e de segurança, evitando trepidação e derrapagem para veículos em geral, especialmente os mais pesados e em pontos de inclinação.”.

O Executivo informou que a obra deve terminar até o fim de semana e que apenas essa via do bairro vai receber asfaltamento.

Rose Guglielminetti

Rose Guglielminetti

Sou comentarista política da Band-Campinas. Também sou colunista do programa "Bastidores do Poder", que vai ao ar todos os dias das 13h20 às 14h, na Band Campinas. Entre tantas editorias a de Política é a das que mais me atrai. E isso fez com que me enveredasse por esse caminho ao longo de minha carreira. Como repórter de Política sempre busquei oferecer notícias de bastidores do poder. E é isso que irei procurar fazer neste blog.

6 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Em quanto isso no Bairro Jardim Florence 1 e 2 no distrito do Campo Grande estão cheios de buracos,ai você liga na Regional 13 eles falam que está em falta do produto ( Massa asfáltico ) ou eles só fazem o reparo onde eles

  • Em quanto isso no Bairro Jardim Florence 1 e 2 no distrito do Campo Grande estão cheios de buracos,ai você liga na Regional 13 eles falam que está em falta do produto ( Massa asfáltico ) ou eles só fazem o reparo onde eles bem querem?

  • Errou a Administração Municipal. Jogou dinheiro fora!” existem outras prioridades, fora que o paralelepípedo dá menos manutenção.

    • Vc mora na vila? Aposto que não….da menos manutenção, mas causa mais acidentes, carros que perdem o freio por causa dos paralelepípedos velhos e gastos, pessoas que escorregam e se machucam por causa das pedras…eu mesma tenho um pino no pé pq escorreguei na rua de casa e não sou a única não…varios moradores já sofreram quedas por conta das pedras. O que é mais importante, a segurança ou o preço?

  • Achei maravilhoso ter asfaltado a João Theodoro, acho que como moradora da Vila e vendo de perto os problemas, só posso dizer que ficou OTIMO, precisa fazer em toda a vila.se a moradora que comprou uma casa de 1824 quer manter a casa no estilo de 1824, ótimo…mas não tem o direito de obrigar a todos a viver no que ela acredita, outra coisa, os moradores da Vila não estão revoltados não…estao adorando…pedindo que faça em tudo. Tenho certeza de que quem está sendo contra é pq não mora na vila.
    A rua que moro, quando chove , é um acidente atraz do outro por ser tão ingrimi os carros escorregam nos paralelepípedos velhos e gastos.

Mais Categorias