Administração municipal Câmara de Vereadores

Câmara quer isenção de IPTU para pessoas com doenças graves

Rose Guglielminetti
Escrito por Rose Guglielminetti

Os vereadores de Campinas votam nesta quarta-feira (09/10), projeto de lei de autoria do vereador Elias Azevedo que vai permitir a isenção do IPTU para pessoas que têm doenças graves.

A proposta permite isenção para pacientes com enfermidades como escleroso múltipla, portadores de tuberculose, parkinson, cardiopatia grave, entre outras.

A nova legislação, se aprovada, também vai permitir que imóveis ocupados por entidades de apoio e integração a pessoas com deficiência, que sejam sem fins lucrativos e declaradas de utilidade pública, possam também ser beneficiadas com a isenção.

Na justificativa do projeto, o parlamentar lembra que algumas doenças já permitem que as pessoas sejam liberadas do pagamento de impostos como, por exemplo, o IR (Imposto de Renda). “As sequelas como câncer e a nefropatia comprometem o orçamento familiar”, escreve o vereador ao defender que a liberação do pagamento do imposto irá ajudar as famílias que têm enfrentado problemas financeiros devido ao aumento de despesas com remédios, locomoção, entre outras despesas.



Sobre o autor

Rose Guglielminetti

Rose Guglielminetti

Sou comentarista política da Band-Campinas. Também sou colunista do programa "Bastidores do Poder", que vai ao ar todos os dias das 13h20 às 14h, na Band Campinas. Entre tantas editorias a de Política é a das que mais me atrai. E isso fez com que me enveredasse por esse caminho ao longo de minha carreira. Como repórter de Política sempre busquei oferecer notícias de bastidores do poder. E é isso que irei procurar fazer neste blog.

Atenção

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da autora do blog. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. A autora poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

1 Comentário

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.