Administração municipal

Camelôs terão de pagar as obras para o novo mercado popular

Rose Guglielminetti
Escrito por Rose Guglielminetti

Os cerca de 1,2 mil camelôs que ficam no Terminal Central e Rua Alvares Machado, no Centro de Campinas, terão de custear as obras dos seus boxes no novo mercado popular – que será instalado numa área de 18 mil m2 pertencente à União, e que foi cedida ao município. O espaço fica ao lado da Estação Guanabara, também no Centro.

Segundo o presidente da Setec, Arnaldo Salvetti, o acordo está sendo costurado com o Ministério Público. “A remoção vai acontecer. O promotor não quer que o poder público pague a obra. A saída será eles se cotizarem. Haverá concordância”, garantiu Salvetti, que ontem (12/09) se reuniu com o promotor Valcir Kobori.

Salvetti disse que na próxima semana o promotor irá visitar o atual camelódromo.

Nenhum representante do sindicato dos  camelôs  foi localizado para comentar o assunto.

Sobre o autor

Rose Guglielminetti

Rose Guglielminetti

Sou comentarista política da Band-Campinas. Também sou colunista do programa "Bastidores do Poder", que vai ao ar todos os dias das 13h20 às 14h, na Band Campinas. Entre tantas editorias a de Política é a das que mais me atrai. E isso fez com que me enveredasse por esse caminho ao longo de minha carreira. Como repórter de Política sempre busquei oferecer notícias de bastidores do poder. E é isso que irei procurar fazer neste blog.

Atenção

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da autora do blog. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. A autora poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

1 Comentário

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.