CP: testemunhas começam a ser notificadas

CASO OURO VERDE
Tote Nunes
Escrito por Tote Nunes

As testemunhas de acusação que serão ouvidas no dia 17 na CP (Comissão Processante) que apura omissão do prefeito nos desvios de recursos do Hospital Ouro Verde, começaram a ser notificados. O presidente da comissão, vereador Luiz Henrique Cirilo ((PSDB) disse que as notificações já estão nos correios e a expectativa é que até o final de semana todos estejam informados.

Cirilo lembrou, no entanto, que as pessoas não são obrigadas a atender ao convite da CP.

Entra os nomes relacionados pela acusação estão o do ex-secretário de Assuntos Jurídicos, Silvio Bernardin, o ex-deputado federal, Luiz Lauro Filho (PSB) e o empresário Sylvino de Godoy Filho. Também serão chamados ex-diretores da OS Vitale Saúde – que administrou o hospital por 18 meses – e servidores públicos acusados de participar do esquema de fraudes.

O vereador Marcelo Silva (PSD) – que está em contato com advogados de Bernardin para ver sobre a disposição dele de testemunhar.

O vereador disse que tem  expectativa muito positiva sobre os depoimentos de Godoy e do lobista João Carlos da Silva Junior, conhecido como Juninho, considerado pelo MP um principais articuladores do esquema. 

Sobre o autor

Tote Nunes

Tote Nunes

Formado em jornalismo pela PUC-Campinas, trabalhou por dois períodos no Jornal Correio Popular e passou 11 anos na Agência Estado, do Grupo O Estado de São Paulo. Está no Metro Jornal Campinas desde agosto de 2015.

Atenção

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da autora do blog. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. A autora poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Comentários

  • Vai ser muito interessante ver a reação do Bernardim. Se ele testemunha ou não, e caso testemunhe, o que vai falar. Isso poderá ser um divisor de águas na administração Jonas.

    E quanto ao Sylvino, não está preso, naquele esquema que só pode sair de dia? Os advogados dele vão entrar no meio da negociação? Esse é outro que, caso queira, pode colocar lenha no fogueira.

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.