Administração municipal Câmara de Vereadores Eleições

Eleições indiretas: Das cinco candidaturas, três delas são de partidos nanicos

Cinco chapas irão concorrer às eleições indiretas para prefeito no mandato-tampão em Campinas. Do grupo, três candidaturas pertencem aos chamados partidos ‘nanicos’ – PMN, PTC e PRTB. Assim, Pedro Serafim (PDT), prefeito interino, e o vereador Arly de Lara Rômeo (PSB) devem polarizar a disputa. Os dois candidatos pertencem a legendas que têm mais representatividade na Câmara Municipal e musculatura política na cidade.

Apesar de o PMN ter um candidato-vereador, Antônio Francisco dos Santos, O Politizador (PMN), o parlamentar tem pouca chance de conseguir a adesão dos colegas à sua candidatura. Das cinco chapas, três são de vereadores, sendo que entre eles há um médico (Serafim), um advogado (Arly), um procurador do município (José Ferreira Campos Filho) e um operador de rádiofoto (O Politizador). Promessas

Apesar de não existir a obrigatoriedade de um plano de governo, Serafim disse que quer “promover a estabilidade política, além de austeridade e profissionalismo.” Arly afirmou que irá investir na Saúde que “está caótica”. O Politizador diz que sua participação é para mostrar que os partidos pequenos também devem ter voz e vez e promete investir na recuperação da área central. Vânia e Campos Filho não retornaram as ligações do Metro.

Sobre o autor

Rose Guglielminetti

Rose Guglielminetti

Sou comentarista política da Band-Campinas. Também sou colunista do programa "Bastidores do Poder", que vai ao ar todos os dias das 13h20 às 14h, na Band Campinas. Entre tantas editorias a de Política é a das que mais me atrai. E isso fez com que me enveredasse por esse caminho ao longo de minha carreira. Como repórter de Política sempre busquei oferecer notícias de bastidores do poder. E é isso que irei procurar fazer neste blog.

Atenção

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da autora do blog. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. A autora poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Adicionar comentário

  • O absurdo da Justiça Eleitoral de que as campnhas eleitorais para a eleição indireta estão proibidas, deixa o incopetente e aventureiro Pedro Serafim de posse da caneta e coloca em risco o processo.

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.