Administração municipal GOVERNO JONAS

Empresas de bikes e patinetes elétricos terão de se credenciar na Emdec em setembro

Rose Guglielminetti
Escrito por Rose Guglielminetti

A partir de setembro as empresas operadoras dos serviços de compartilhamento bicicletas e patinetes elétricos em Campinas terão de se credenciar junto à Emdec – empresa que faz o gerenciamento do trânsito de Campinas. As regras referentes aos serviços prestados por veículos de propulsão humana, equipamentos de mobilidade individual ou cicloelétricos, foram publicadas no Diário Oficial desta terça-feira (06/08).

“A Emdec apoia e incentiva os meios de transporte que promovem a mobilidade sustentável e são complementares ao transporte público. A regulamentação do serviço vem para garantir que a circulação dos veículos e equipamentos compartilhados ocorra de forma harmoniosa com os demais agentes do trânsito, pensando principalmente na segurança dos pedestres”, diz Carlos José Barreiro, secretário de Transportes e presidente da Emdec.

As empresas terão de entregar além dos documentos também um projeto indicando o tipo e quantidade de veículos a serem ofertados, assim como os locais em que pretende atuar.  A autorização será feita por meio de um certificado que terá a validade de um ano, podendo ser renovado junto à Emdec, com a antecedência mínima de 30 dias.

Segundo a resolução, as empresas terão de enviar todo mês um relatório das atividades do mês anterior contendo dados como quantidade de veículos utilizados, quantidade e tempo médio das locações, distância média percorrida e “mapa de calor”, indicando o fluxo de utilização dos veículos por meio de georreferenciamento.  

As empresas terão ainda que fornecer equipamentos de segurança para os usuários do sistema.

A resolução também alerta que os veículos não ser estacionados ou abandonados, de forma a constituir obstáculo à livre circulação de veículos e pedestres, tanto na via quanto na calçada.  

Velocidade

A circulação dos patinetes elétricos somente é permitida em áreas de circulação de pedestres, ciclovias e ciclofaixas. A velocidade máxima de circulação é de 6 km/h em áreas de circulação de pedestres; e de 20 km/h em ciclovias e ciclofaixas.

As bicicletas elétricas podem circular nas ciclovias e ciclofaixas. A potência nominal máxima do motor é de até 350 watts. A velocidade máxima de circulação é de 25 km/h. O uso do capacete de ciclista, para a bicicleta elétrica, é obrigatório. 

Sobre o autor

Rose Guglielminetti

Rose Guglielminetti

Sou comentarista política da Band-Campinas. Também sou colunista do programa "Bastidores do Poder", que vai ao ar todos os dias das 13h20 às 14h, na Band Campinas. Entre tantas editorias a de Política é a das que mais me atrai. E isso fez com que me enveredasse por esse caminho ao longo de minha carreira. Como repórter de Política sempre busquei oferecer notícias de bastidores do poder. E é isso que irei procurar fazer neste blog.

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.