Início » Entidades pressionam prefeitura para suspender aumento de IPTU

Entidades pressionam prefeitura para suspender aumento de IPTU

Entidades de Campinas pressionam a Prefeitura de Campinas para suspender o reajuste do IPTU a ser aplicado nos anos de 2019 e 2020. Ontem os representantes das entidades como Habicamp, Creci, Ciesp, Acic, Secovi, Associação dos Engenheiros, Rede Imobiliária, entre outras – se reuniram com os secretários de Assuntos Jurídicos (Silvio Bernardin), Finanças (Tarcisio Cintra ) e Relações Institucionais (Wanderlei Almeida).

“Queremos a revisão do reajuste deste ano, mas pedimos também para que reanalisassem o aumento para os nos de 2019 e 2020. O fato é que o aumento será de até 3 anos e há problemas na metodologia aplicada”, diz Marcio Barbado, que representa o Creci, que acrescentou: “Na nova Lei que reajustou o IPTU foi mudada radicalmente a metodologia, que não levou em consideração o uso e ocupação do solo com relação a potencialidade construtiva de terrenos, gerando grande distorções nos valores”

Segundo as entidades, ficou acordado que a prefeitura vai constituir um grupo de trabalho para uma lei de incentivos, que encontra-se na Câmara, com objetivos de incentivos à indústria, o comércio e os serviços. A medida tenta reduzir o impacto do reajuste do IPTU nos comércios e indústria. 

Em nota, a prefeitura municipal informou que ao final da reunião com as entidades ficou a legalidade do processo. O governo disse ainda que abriu um canal de diálogo, mas que a gestão não assumiu nenhum compromisso de revisão de atos.

Rose Guglielminetti

Rose Guglielminetti

Sou comentarista política da Band-Campinas. Também sou colunista do programa "Bastidores do Poder", que vai ao ar todos os dias das 13h20 às 14h, na Band Campinas. Entre tantas editorias a de Política é a das que mais me atrai. E isso fez com que me enveredasse por esse caminho ao longo de minha carreira. Como repórter de Política sempre busquei oferecer notícias de bastidores do poder. E é isso que irei procurar fazer neste blog.

10 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Acompanho seu trabalho Rose e estou indignado com o aumento do IPTU, pois teve imóveis q subiram até 33% e outros chegaram a 74%. Não era o momento de fazer esse aumento, paus em crise e a prefeitura querendo se garantir com o IPTU, tire comissionados e espones que te garanto que teriam uma boa economia. O bom gestor mostra sua competência nas dificuldades e divergências e não prejudicando o povo dessa forma. Vários barracões fechados para alugar, residências, etc… Tudo tendo que abaixar e a prefeitura alegando uma readequação do valores. Balela…. Fábrica de multas e agora isso. Um absurdo.

  • O Sr. Carlos José Barreiro é um GRANDE MENTIROSO ou crê em contos de fadas.

    Afirmar que o QRCODE trará mais segurança ao transporte público (Resolução 460/2017) é uma grande ilusão.

    Cadê os estudos?

    Onde estão as estatísticas?

    Qual é o número de furtos e de roubos diários?

    Quais os objetos mais furtados/ roubados?

    Novidade! Perguntas sem respostas…

    BOSTA DE SECRETÁRIO!

    Ahhh! Fez uso do mesmo método inovador e revolucionário empregado no Parklet do Cambuí (USO COMERCIAL PROÍBIDO PELO PREFEITO), na redução da velocidade das vias (DESAUTORIZADA PELO PREFEITO) e nas multas de avanço do sinal vermelho (CANCELADAS PELO PREFEITO).

    Você realmente está preocupado com o usuário do transporte público?

    Elimine a VALIDADE dos créditos do bilhete único.

    Cobre as multas de transportes (vide processo TC–004539/989/15 – Tribunal de Contas do Estado de São Paulo)

    http://www2.tce.sp.gov.br/arqs_juri/pdf/584616.pdf

    Retire os ônibus-sucatas de circulação.

    Fiquem tranquilos, em 17/02/2018 poderão utilizar tranquilamente seus smartphones e tablets nos ônibus… #SQN

  • Esse sistema so vai favorecer as empresas mais uma vez como foi com a retirada dos cobradores.
    Pois as ladroes so vao roubar os usuarios do transporte coletiv e as empresas vao ficar de boa so lucrando .
    Sugiro que com o $ que economizam sem cobradores comprem onibus novos com cameras para inibirem os criminosos e dar o minimo de conforto a populacao.

  • DETALHE IMPORTANTE:

    Conforme relatório efetuado pelo Líder de Processo da Divisão Financeira da EMDEC (Gerência Financeira), as multas por infrações cometidas pelas empresas de transporte público, já ultrapassaram mais de R$ 43.000.000,00 (quarenta e tres milhões), tá duvidando, peça para o Sr. secretário informar qual o valor atual devido.

    Infelizmente o Ministério Público está demorando para agir.

  • Matéria de capa do Correio Popular – 09/02/18

    “Regras de parklet proíbem o único modelo instalado”

    Barreiro Incompetente!

    Medito a sabichão!

    Entendedor de PORRA NENHUMA!

    Faz tudo errado!

    BUUURROOO!

    Chuuupa Barrerooo

    Fooora Fulerooo

    Chuuupa Fulerooo

    Fooora Barrerooo

  • E tome barreiradas kkkkkkkkk

    Esse Barreiro é um imprestável, não para de fazer cagadas.

    SECRETÁRIO DO * FROUXO!

    Do jeito que as coisas andam, vai precisar de muitas fraldas geriátricas.

    DECRETO Nº 19.779 DE 08 DE FEVEREIRO DE 2018
    REGULAMENTA A LEI Nº 15.539, DE 15 DE DEZEMBRO DE 2017,
    QUE DISPÕE SOBRE O SERVIÇO REMUNERADO PARA TRANSPORTE INDIVIDUAL DE PASSAGEIROS OFERECIDO E SOLICITADO EXCLUSIVAMENTE POR APLICATIVOS, SÍTIOS OU PLATAFORMAS TECNOLÓGICASLIGADOS À REDE MUNDIAL DE COMPUTADORES.

    “Art. 13. Os casos omissos serão dirimidos pelo Secretário Municipal de Transportes”

    Omissos? Jura? Vá cobrar o Belarmino e pare de encher o saco com as suas frescuras, VÉIO MIMADO!

    http://www.campinas.sp.gov.br/uploads/pdf/1620907519.pdf

    Chuuupa Barrero

    Fooora Fulerooo

    Chuuupa Fulerooo

    Fooora Barrerooo

  • Rose, não sei se você está ciente, mas existe um problema fiscal muito grave na Prefeitura de Campinas, em virtude do baixo nível de recuperação da dívida ativa.
    São mais de 800 mil execuções fiscais tramitando.
    Contudo, são milhões de reais perdidos todos os meses, em virtude da prescrição.
    Grande parte dos créditos já chegam “podres” para o ajuizamento das ações, por se referirem a exercícios muito antigos (2010, 2012…).
    Além do mais, há apenas 07 procuradores municipais designados para atuar nesses processos.
    Por óbvio, não há condições de se acompanhar tudo.
    Com isso, grandes sonegadores de Campinas são beneficiados em detrimento da maior parte da população e dos pequenos empresários, que acabam se prejudicando com o aumento do ISS e do IPTU.
    Como você sabe, tributação é um jogo de soma zero. Se alguns não pagam, aumenta-se a carga tributária sobre os outros.
    A reestruturação da atuação de Finanças e de Assuntos Jurídicos na cobrança da dívida ativa poderia aumentar consideravelmente a arrecadação, evitando novos aumentos de impostos.
    Em tempos de crise fiscal, vale muito à pena uma postagem sobre o assunto.

Mais Categorias