Início » Jonas irá receber abaixo-assinado com 1 mil assinaturas com pedido de desconto e isenção de impostos

Jonas irá receber abaixo-assinado com 1 mil assinaturas com pedido de desconto e isenção de impostos

O vereador de Campinas Nelson Hossri (PSD) vai entregar ao prefeito de Campinas um abaixo-assinado com 1 mil assinaturas de comerciantes, autônomos e profissionais liberais pedindo a à prefeitura que conceda incentivos fiscais, descontos ou isenções no pagamento de impostos municipais para estabelecimentos comerciais, indústrias, escritórios autônomos e prestadores de serviços em geral.

As assinaturas foram colhidas pelo site Avaaz, que permite a criação de campanhas on line. A petição foi criada no dia 14 de abril.

O parlamentar apresentou um projeto de lei em que criava um plano de prevenção aos impactos econômicos do coronavírus. Porém, a proposta foi barrada pela Comissão de Constituição e Legalidade.

Ele também chegou a ir à Justiça pedindo a suspensão do pagamento do IPTU e ISS por 90 dias. O pedido foi rejeitado em primeira instância.

“Se as pessoas não podem trabalhar, também não podem pagar os impostos municipais. Estamos pedindo apenas a prorrogação dos pagamentos para que os comerciantes, autônomos e profissionais liberais não fechem as portas”, disse ele.

Rose Guglielminetti

Rose Guglielminetti

Sou comentarista política da Band-Campinas. Também sou colunista do programa "Bastidores do Poder", que vai ao ar todos os dias das 13h20 às 14h, na Band Campinas. Entre tantas editorias a de Política é a das que mais me atrai. E isso fez com que me enveredasse por esse caminho ao longo de minha carreira. Como repórter de Política sempre busquei oferecer notícias de bastidores do poder. E é isso que irei procurar fazer neste blog.

2 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Tem um grupinho de vereadores do baixo clero na Câmara de Vereadores que só vivem de factoides políticos ecoados na imprensa, mas como não tem tido assunto os caras não estão se aguentando ficar dentro de casa….. Torço pra que a população varra essa gente da Câmara nas próximas eleições.

  • “Os incentivos fiscais, descontos ou isenções no pagamento de impostos municipais para estabelecimentos comerciais, indústrias, escritórios autônomos e prestadores de serviços em geral” terão, fatalmente, que ser concedidos.
    Como consequência, o caixa diminuirá: atrasos e parcelamentos dos salários e aposentadorias municipais, por certo ocorrerão.

    Para compensar, uma sugestão: exoneração de 400 comissionados. Respeito aos tetos salariais, cumprindo acórdão do STF. Cumprimento do CPC, pagando sucumbência apenas para o procurador que encabeçou a causa vitoriosa, porém com valor restrito ao teto salarial.
    Isso tudo dá uma receita extra ao erário de cerca de 1 milhão ao mês; mas é preciso coragem, Prefeito Jonas, para fazer, deixando de ficar refém de vereadores e procuradores.

    Rose e Zezé noticiem a respeito para não haver surpresas para nós todos.
    O contribuinte quer notícias.

Mais Categorias