Caso Sanasa

Justiça absolve Demétrio Vilagra no Caso Sanasa

Rose Guglielminetti
Escrito por Rose Guglielminetti

O ex-prefeito de Campinas Demétrio Vilagra (PT) foi absolvido nesta quinta-feira (05/09) pelo TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo). O petista havia sido condenado a 13 anos de prisão por formação de quadrilha e corrupção passiva no Caso Sanasa – esquema de fraudes em licitação pública na empresa de água e saneamento da cidade que resultou na cassação do ex-prefeito de Campinas, Hélio de Oliveira Santos.

Após a decisão, Demétrio disse que esperava a reformulação da sentença. “Eu tinha confiança na Justiça porque nunca participei de esquema nenhum. Tinha certeza de que seria absolvido. O Caso Sanasa foi no primeiro mandato dele (2005/2008) e eu fui eleito, vice-prefeito, no segundo mandato”, ressaltou Demétrio.

Quando do depoimento ao juiz Nelson Bernardes, da 3ª Vara Criminal, Demétrio disse que, no primeiro mandato do Dr. Hélio, trabalhava como assessor em um programa de assistência social da prefeitura. Na época, ele disse que seu nome nunca foi vinculado às denúncias e que ninguém afirmou que ele, de fato, participou do esquema.

Demétrio, que chegou a ser preso, disse esperar agora pelo desbloqueio dos seus bens.

Outras absolvições

Sobre o autor

Rose Guglielminetti

Rose Guglielminetti

Sou comentarista política da Band-Campinas. Também sou colunista do programa "Bastidores do Poder", que vai ao ar todos os dias das 13h20 às 14h, na Band Campinas. Entre tantas editorias a de Política é a das que mais me atrai. E isso fez com que me enveredasse por esse caminho ao longo de minha carreira. Como repórter de Política sempre busquei oferecer notícias de bastidores do poder. E é isso que irei procurar fazer neste blog.

Atenção

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da autora do blog. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. A autora poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Comentários

  • Que surpresa! Mais um petista perseguido pela justiça burguesa do Brasil. Aos poucos a farsa política da direita em conluio com o judiciário vai sendo exposta à população. Afinal, como disse Romero Jucá, tudo se trata de “um grande acordo nacional. Com o Supremo, com tudo”.

  • A “operação Sanasa” – na verdade era um fascículo da Operação Castelo de Areia – aplicada em Campinas em 2011 foi um ensaio estadual de outras operações similares para destituir governos eleitos. Claro que houve contratos superfaturados através de licitações viciadas e partilha de ganhos com entrega de propinas a administradores públicos, etc. Mas houve também lawfare para incluir entre os indiciados figuras políticas do PT não envolvidas, como o caso do Demétrio. Que a justiça seja feita, ainda que tarde!

  • Ficou bem baratinho para o Demétrio…..quando estourou o escândalo, acharam mais de R$ 60 mil em dinheiro na casa dele. Apresentou pelo menos 4 versões :

    1) Não me lembro;
    2) Foi da venda de um imóvel;
    3) Foi da venda de um carro;
    4) Sempre guardei dinheiro em casa , nunca em bancos.

    Então, tá !

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.