Início » Justiça aceita denúncia contra 6 no caso de fraudes em concursos públicos

Justiça aceita denúncia contra 6 no caso de fraudes em concursos públicos



A Justiça aceitou a denúncia oferecida pelo Gaeco Campinas, braço do Ministério Público que investiga o crime organizado, na operação Apaniguados, que investiga fraudes em concursos públicos nas regiões de Campinas e Piracicaba. Foram denunciadas 6 pessoas, pela prática de crimes de organização criminosa, fraude à licitação, falsidade ideológica e corrupção. Só num dos concursos mais de 8 mil candidatos foram prejudicados.

Também foi decretada a prisão preventiva de dois dos denunciados, sendo uma das prisões convertida em prisão domiciliar.

De acordo com a denúncia do Gaeco, o grupo era especializado em fraudar concursos públicos, especialmente de consórcios públicos. 

A Promotoria diz que havia a participação de agentes públicos no esquema criminoso, responsáveis pela indicação dos candidatos que foram favorecidos nos concursos fraudados. Um novo cartão de resposta das provas era produzido para os favorecidos e pessoas das empresas de concursos os preenchiam conforme as necessidades de pontuação. Apurou-se também que o grupo pagava propina a agente público envolvido nos crimes, segundo o MP.

A operação

No dia 7 de outubro, foram cumpridos cinco mandados de prisão temporária e 13 mandados de busca e apreensão em Campinas, Jaguariúna, Cosmópolis, Santo Antônio de Posse, Cordeirópolis, Nova Odessa, Holambra, Macatuba e Votuporanga.



Rose Guglielminetti

Rose Guglielminetti

Sou comentarista política da Band-Campinas. Também sou colunista do programa "Bastidores do Poder", que vai ao ar todos os dias das 13h20 às 14h, na Band Campinas. Entre tantas editorias a de Política é a das que mais me atrai. E isso fez com que me enveredasse por esse caminho ao longo de minha carreira. Como repórter de Política sempre busquei oferecer notícias de bastidores do poder. E é isso que irei procurar fazer neste blog.

Adicionar comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Mais Categorias