ELEIÇÃO SUPLEMENTAR PAULÍNIA

Justiça julga ilegal intervenção no PSDB de Paulínia

Rose Guglielminetti
Escrito por Rose Guglielminetti

A juíza eleitoral de Paulínia Marta Brandão Pisteli julgou ilegal a intervenção do Diretório Estadual no Diretório local do PSDB da cidade. Ela determinou ainda o retorno dos integrantes da Comissão Executiva Municipal aos cargos que ocupavam antes da ingerência da estadual.

Um dia antes da convenção marcada pelo candidato do PSDB, Du Cazellato, o Diretório Estadual fez uma intervenção no dia 25 de julho. Com isso, destituiu toda a diretoria do PSDB de Paulínia, suspendeu a convenção convocada por Du Cazellato e marcou uma outra convenção para o dia 30 de julho. A justificativa era a de que resolução interna do PSDB obriga que, em municípios com mais de 100 mil habitantes, os pré-candidatos devem ter os nomes submetidos ao Diretório Estadual. Nos bastidores, o que se falava é que a intervenção era feita pelo grupo ligado ao deputado estadual Cauê Macris. O comentário era de que o grupo não queria cabeça de chapa na eleição suplementar do dia 1º de setembro. Mas o interventor nomeado, Rogério Mion, assessor de Cauê Macris, negou a estratégia.

Cazellato, porém, foi à Justiça e conseguiu liminar para realizar a convenção que o referendou como candidato. O Diretório Estadual recorreu, mas não obteve êxito.

A Justiça ainda não liberou a candidatura de Du Cazzelato. A Justiça tem até amanhã para deferir ou indeferir as candidaturas para o pleito suplementar.

Sobre o autor

Rose Guglielminetti

Rose Guglielminetti

Sou comentarista política da Band-Campinas. Também sou colunista do programa "Bastidores do Poder", que vai ao ar todos os dias das 13h20 às 14h, na Band Campinas. Entre tantas editorias a de Política é a das que mais me atrai. E isso fez com que me enveredasse por esse caminho ao longo de minha carreira. Como repórter de Política sempre busquei oferecer notícias de bastidores do poder. E é isso que irei procurar fazer neste blog.

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.