Início » Mansões Santo Antônio e Santa Genebra são os bairros com mais pacientes de covid-19 atendidos pela Unicamp

3 min readMansões Santo Antônio e Santa Genebra são os bairros com mais pacientes de covid-19 atendidos pela Unicamp

A Unicamp criou um mapa interativo (web map) dos casos de covid-19 que estão sendo atendidos nos hospitais da universidade. O objetivo é entender como está acontecendo a disseminação dos casos de coronavírus e distribuição no território. O mapa mostrou que entre os pacientes internados na Unicamp a maioria era dos bairros Santa Genebra e Mansões Santo Antônio

“O Hospital das Clínicas e a área de saúde da Unicamp atendem toda a macrorregião de Campinas. Não tínhamos nenhuma ferramenta visual para mostrar essa abrangência. Esse mapeamento está sendo importante nesse sentido, para mostrar para a sociedade e para o governo a extensão da nossa área de atuação”, disse o reitor da Unicamp, Marcelo Knobel.

Dentre as regiões de maior concentração destaca-se a região do Jardim Santa Genebra e Mansões Santo Antônio, com nove casos confirmados e que foram atendidos pelo Cecom. Estas informações podem ajudar, por exemplo, a orientar a adoção de medidas para conter a disseminação nessas áreas. “Especificamente no caso da pandemia de Covid-19, esse mapeamento será também fundamental para acompanhar a evolução da pandemia e como estão os casos em nossa região”, afirmou Marcelo Knobel.

Um dos resultados do trabalho foi gerar um mapa de calor dinâmico, com a demonstração de padrões de concentração territorial dos casos confirmados e possíveis tendências de disseminação do vírus nas escalas local e regional. Até o dia 04 de maio, 119 casos foram confirmados com um óbito. A maioria era formada por mulheres, 69,7% dos casos, com idade entre 40 e 60 anos.

Web map

O web map disponibiliza informações geográficas de forma interativa a partir de camadas de dados – os casos de covid-19 que foram atendidos no Hospital das Clínicas da Unicamp, Cecom e Caism – e um conjunto de informações específicas de cada caso.

A equipe da Coordenadoria de Georreferenciamento da DEPI ( Diretoria Executiva de Planejamento Integrado) faz o tratamento e geocodificação desses dados, gerando diversos pontos da localização dos casos em várias cidades.

“O mapeamento detalhado destes casos pode subsidiar ações imediatas de combate à disseminação do vírus e de ajuda imediata à população mais vulnerável, além de políticas públicas de médio e longo prazos”, explica Vanderlei Braga, geógrafo e coordenador dessa iniciativa na DEPI.

Os dados para alimentar o web map estão sendo cedidas pela Diretoria Executiva da Área de Saúde (DEAS), que organizou uma planilha com as informações de todos os pacientes, a partir do primeiro caso confirmado no Hospital das Clínicas, cujo início dos sintomas foi em 3 de março.

“A identificação da região onde vivem os pacientes com Covid-19 é importante porque podemos analisar, do ponto de vista epidemiológico, o ambiente que eles frequentam. Isso possibilita adotar medidas preventivas contra a disseminação do vírus”, detalha médico, que também é professor do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp.

Mapa interativo

Na DEPI, os dados coletados pela DEAS são transformados em pontos em um mapa interativo. O web map é temático, ou seja, as cores representam as faixas de idade dos pacientes e as formas representam o hospital atendido.

Atualizado diariamente, o web map pode ser acessado na página da Unicamp sobre o Covid-19 ou diretamente na versão desktop e na versão mobile.

Rose Guglielminetti

Rose Guglielminetti

Sou comentarista política da Band-Campinas. Também sou colunista do programa "Bastidores do Poder", que vai ao ar todos os dias das 13h20 às 14h, na Band Campinas. Entre tantas editorias a de Política é a das que mais me atrai. E isso fez com que me enveredasse por esse caminho ao longo de minha carreira. Como repórter de Política sempre busquei oferecer notícias de bastidores do poder. E é isso que irei procurar fazer neste blog.

Adicionar comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Mais Categorias