Início » MP pede esclarecimentos a escolas da rede particular que suspenderam aulas por causa de casos de covid-19

MP pede esclarecimentos a escolas da rede particular que suspenderam aulas por causa de casos de covid-19

Após a apresentação de casos de covid-19 entre alunos e funcionários de duas escolas de Campinas, o promotor Rodrigo Augusto de Oliveira pediu esclarecimentos a ambas as unidades de ensino. O prazo para envio das respostas é de 10 dias.

Segundo a assessoria de imprensa do Ministério Público do Estado de São Paulo (MPSP), no procedimento administrativo de acompanhamento, o promotor requereu que o Instituto Educacional Jaime Kratz, o Colégio Farroupilha e a Diretoria de Ensino correspondente deem detalhes sobre os fatos, informando também sobre os protocolos de segurança sanitária adotadas pelas escolas para prevenção à disseminação do coronavírus.

À Vigilância Sanitária, Oliveira solicitou vistoria nas duas escolas, com envio do respectivo relatório ao Ministério Público.

Além das duas escolas particulares, há um caso e quatro suspeitas na Escola Estadual Deputado Eduardo Barnabé, localizada no DIC, onde as aulas presenciais devem começar na próxima segunda-feira, dia 8, conforme calendário estabelecido pelo governo do Estado.

Zezé de Lima

Jornalista que começou no Diário do Povo, quando a sede era na César Bierrembach, e com histórias no Jornal de Domingo e Correio Popular. Na última década, já fiz de tudo na Band Campinas. Hoje posso fazer só o que gosto.

2 comentários

  • Retorno as aulas presenciais precipitado, afrouxaram a fase vermelha e o que é pior os finais de semana, que era vermelha, passaram para a fase laranja. Vai morrer gente nesta historia enquanto os governantes, incluindo o lixo/poste de Campinas, ficarão bebendo whisky blue e aproveitando os pontos facultativos do carnaval (Que para o povão foram revogados). Concordo em reduzir os índices de contágio do Covid-19, porém, todos tem que colaborar, não somente o povão, e a regra serve para todos, incluído o lixo/poste e seus puxa-sacos.

    Um comentário:
    Este plano de cem dias de obras em Campinas está deixando a cidade um caos, está difícil andar em determinadas áreas da cidade e o problema vai de norte a sul e de leste a oeste. Ruas cheias de buracos resultados de obras, ruas bloqueadas para obras, desvios para os carros. Até autorização para feira pública está saindo e justamente no pior lugar/dia possível, para a sua realização, ao lado do Universidade Mackenzie em plena quarta-feira a tarde, obstruindo o retorno dos carros que são obrigados a ir até o balão do Timbo para retornar. Não sou contra feiras publicas mas, tem que ser analisado aonde e quando a feira publica irá ser realizada (Atrapalhar a logística da cidade não dá pé).

  • Na minha opinião volta as aulas presenciais só depois da vacina, por enquanto deveria continuar o ensino remoto…vidas não se recuperam, aprendizagem sim

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.