Administração municipal GOVERNO JONAS

MP vai à Justiça para suspender decisão que negou bloqueio de bens de Jonas

Rose Guglielminetti
Escrito por Rose Guglielminetti

O promotor Luis Felipe Delamain Buratto impetrou um agravo de Instrumento no TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) para suspender a decisão do juiz da 2º Vara da Fazenda Pública, Wagner Gídaro, que negou liminar e não permitiu a indisponibilidade dos bens do prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB). O pedido será analisado pelo desembargador Alves Braga Júnior.

O magistrado entendeu que apesar de o prejuízo e a forma de legalidade estar delineados na ação da Promotoria, as provas não eram suficientemente robustas para o bloqueio dos bens de Jonas e do secretário de Finanças, Tarcisio Cintra, do ex-secretário de Finanças Hamilton Bernardes e do ex-presidente do Camprev José Ferreira de Campos Filho.

O caso

Segundo o promotor, houve “pedaladas fiscais” na gestão do Camprev, além de irregularidades no parcelamento de débito e no repasses de verbas da Prefeitura de Campinas para o Camprev. Buratto diz que a prefeitura não repassou os valores referentes aos inativos ao Camprev nos meses de setembro e outubro de 2015. O débito era no valor de R$ 8,1 milhões. Por causa desse atraso, a prefeitura teve que pagar para o Camprev R$ 9,9 milhões. “A manobra gerou prejuízos de R$ 1,2 milhão. O que configura uma pedalada fiscal”, escreveu o promotor.

Além disso, a Promotoria diz que a prefeitura deixou de efetuar repasses de R$ 3,8 milhões referentes ao acordo patronal de 2011.

Outra irregularidade apontada pela Promotoria foi o repasse R$ 231,6 milhões do Fundo Previdenciário (formado por funcionários que entraram depois de 2003) para o Fundo Financeiro (deficitário). O dinheiro foi utilizado para cobrir o rombo das contas do Camprev.

Sobre o autor

Rose Guglielminetti

Rose Guglielminetti

Sou comentarista política da Band-Campinas. Também sou colunista do programa "Bastidores do Poder", que vai ao ar todos os dias das 13h20 às 14h, na Band Campinas. Entre tantas editorias a de Política é a das que mais me atrai. E isso fez com que me enveredasse por esse caminho ao longo de minha carreira. Como repórter de Política sempre busquei oferecer notícias de bastidores do poder. E é isso que irei procurar fazer neste blog.

Atenção

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da autora do blog. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. A autora poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

1 Comentário

  • Rose eu não sou nada fã do Jonas, mas esse promotor Luís Felipe Delamain Buratto está forçando a barra demais, todos nós da Hípica sabemos que ele esta a serviço de seu primo Vereador Marcelo Silva, ganhar na pista assim não dá né? Marcelinho esta se queimando demais com essa gana de derrubar o Jonas quem vai acabar caindo é ele, não ganha uma. Só ganha no Conselho da Hípica, tivemos que mudar os dias de reunião só para atender o capricho do mimadinho do papai, cada uma que acontece na SHC que você nem acredita. O Saudoso e amigo Roge Ferreira estaria enojado com o que Marcelinho e sua cúpula estão fazendo em nossa querida Hípica

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.