Início » Mulheres fazem ato de combate ao feminicídio

1 min readMulheres fazem ato de combate ao feminicídio

Grupos de mulheres se reuniram hoje (28/02) em frente ao prédio da 1ª DDM (Delegacia da Mulher) em Campinas e realizaram manifestação para pedir a adoação de politicas de combate ao feminicídio. Só este ano, foram registrados 27 prisões para este tipo de crime na cidade.

Na manifestação, as mulheres lembraram a morte da comerciante Nice Vieira, que na véspera foi atacada com fogo pelo ex-companheiro e acabou morrendo em razão das queimaduras. Ele chegou a usar combustível para atear fogo à mulher. Pela manhã, o grupo esteve no local onde Nice foi morta.

“Precisamos dar um basta nisso. Chega de mortes; de violência. Precisamos lutar contra o estado patriarcal, racista, machista e misógino”, disse a ex-vereadora Marcela Moreira, que participou do ato.

Além da morte de Nice, a manifestação fez referências a muitas outras mulheres vítimas de violência.

A 2ª DDM, no Jd. Paulicéia passou a funcionar 24 h a partir de hoje. O atendimento também abrangerá a área da 1ª DDM

Rose Guglielminetti

Rose Guglielminetti

Sou comentarista política da Band-Campinas. Também sou colunista do programa "Bastidores do Poder", que vai ao ar todos os dias das 13h20 às 14h, na Band Campinas. Entre tantas editorias a de Política é a das que mais me atrai. E isso fez com que me enveredasse por esse caminho ao longo de minha carreira. Como repórter de Política sempre busquei oferecer notícias de bastidores do poder. E é isso que irei procurar fazer neste blog.

1 comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Mais Categorias