Aqui política se discute.
Início » Nova usina de compostagem trará economia de R$ 19,2 milhões à Prefeitura de Campinas

Nova usina de compostagem trará economia de R$ 19,2 milhões à Prefeitura de Campinas

A Prefeitura de Campinas vai começar a operar em dezembro uma usina de compostagem que irá trazer uma economia de R$ 19,2 milhões ao ano para os cofres públicos. Isso porque hoje a Administração gasta R$ 31,2 milhões ao ano para levar os resíduos para o aterro de Paulínia. Com o novo projeto, a prefeitura vai desembolsar R$ 12 milhões/ano para operar a usina que ficará numa área de 164 mil metros quadrados dentro da Fazenda Santa Elisa, onde fica o IAC (Instituto Agronômico de Campinas (IAC).

Segundo o secretário de Serviços Públicos, Ernesto Paullela, cerca de 300 toneladas de galharia, palha de grama, lodo de esgoto, frutas, legumes e verde serão transformados em adubo orgânico. O gasto para enviar os resíduos para o aterro Estre, em Paulínia, é de R$ 2,6 milhões ao mês. A estimativa é gastar R$ 1 milhão/mês com a nova empresa. Os envelopes vão ser abertos no 11 de dezembro. A operação vai começar com mão de obra da prefeitura e depois o vencedor da licitação assume a operação. “Teremos lucro econômico e ambiental porque não teremos mais produção chorume, gás metano e carbônico”, disse o secretário.

Restos de galharia irão virar adubo orgânico

A usina será operada pela Secretaria Municipal de Serviços Públicos em parceria com a Ceasa, a Sanasa e o IAC (Instituto Agronômico de Campinas).

Segundo ele, a prefeitura vai usar até 20% do adubo orgânico nas áreas verdes, como praças, parques e bosques de Campinas. Já o Instituto Agronômico também usará cerca de 20% em projetos experimentais e vai certificar o produto. O restante será comercializado pela Ceasa. “Está tudo pronto para iniciarmos a operação. Temos, inclusive, a autorização da Cetesb”, disse Paullela.

Rose Guglielminetti

Rose Guglielminetti

Sou comentarista política da Band-Campinas. Também sou colunista do programa "Bastidores do Poder", que vai ao ar todos os dias das 13h20 às 14h, na Band Campinas. Entre tantas editorias a de Política é a das que mais me atrai. E isso fez com que me enveredasse por esse caminho ao longo de minha carreira. Como repórter de Política sempre busquei oferecer notícias de bastidores do poder. E é isso que irei procurar fazer neste blog.

Adicionar comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rose Guglielminetti

Rose Guglielminetti

Sou comentarista política da Band-Campinas. Também sou colunista do programa "Bastidores do Poder", que vai ao ar todos os dias das 13h20 às 14h, na Band Campinas. Entre tantas editorias a de Política é a das que mais me atrai. E isso fez com que me enveredasse por esse caminho ao longo de minha carreira. Como repórter de Política sempre busquei oferecer notícias de bastidores do poder. E é isso que irei procurar fazer neste blog.

Marcos Andrade

Marcos Andrade

Marcos Andrade é formado em jornalismo pela Unesp e pós graduado em Gestão da Comunicação em Mídias Digitais pelo Senac. Com passagens pelas rádios Band News FM e Bandeirantes de Campinas, é produtor do programa Bastidores do Poder da Band Campinas desde 2016.

Zezé de Lima

Zezé de Lima

Jornalista que começou no Diário do Povo, quando a sede era na César Bierrembach, e com histórias no Jornal de Domingo e Correio Popular. Na última década, já fiz de tudo na Band Campinas. Hoje posso fazer só o que gosto.

Mais Categorias