Administração municipal Blog da Rose Câmara de Vereadores

Orçamento

A audiência pública para a discussão do orçamento 2018 para a cidade de Campinas realizado ontem pela manhã na Câmara, registrou um fato curioso. Quando a sessão começou, às 9h45, havia mais secretários municipais que vereadores. Ao todo, estavam presentes nove secretários, contra apenas seis dos 33 parlamentares da Casa. Cerca de uma hora chegaram mais vereadores, mas ainda assim, o número ficou abaixo, em comparação com o primeiro escalão da prefeitura.

Sobre o autor

Rose Guglielminetti

Rose Guglielminetti

Sou comentarista política da Band-Campinas. Também sou colunista do programa "Bastidores do Poder", que vai ao ar todos os dias das 13h20 às 14h, na Band Campinas. Entre tantas editorias a de Política é a das que mais me atrai. E isso fez com que me enveredasse por esse caminho ao longo de minha carreira. Como repórter de Política sempre busquei oferecer notícias de bastidores do poder. E é isso que irei procurar fazer neste blog.

Atenção

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da autora do blog. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. A autora poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Comentários

  • Isso mostra o nível dos nossos vereadores, o interesse que têm por um tema fundamental para o funcionamento da cidade. Mas a gente entende o pragmatismo: se não vão mesmo discutir, só aprovar o que o Executivo manda, pra que discutir?

  • Nada a estranhar. A situação mostra o nível dos nossos vereadores, o interesse que têm por um tema fundamental para o funcionamento da cidade. Mas a gente entende o pragmatismo: se não vão mesmo discutir, só aprovar o que o Executivo manda, pra que discutir?

  • É apenas a reverberação do GOLPE.

    O GOLPE é nacional!

    Compare e verás o mesmo modo operandi, exemplos simples:

    Mídia com acréscimo em publicidade.

    Cortes orçamentários na área social direta e indireta.

    Parlamentos cooptados por benesses nas mais variadas formas.

    Precisa mais????

    É o GOLPE conservador por um lado e liberal por outro, em suma: a cartilha da direita.

    O ESTADO a serviço das elites!

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.