Início » PMDB: nada muda

PMDB: nada muda

No mesmo dia em que o secretário-chefe de gabinete, Alcides Mamizuka, se reúne com o presidente do PMDB Estadual, Baleia Rossi, a legenda manda recado de Brasília e diz que a conversa não servirá para nada.

Fontes ligadas ao vice-presidente da República, Michel Temer, afirma que a Executiva provisória será a seguinte: Dário Saadi (presidente), Ivan Voigt, José Natal Coelho, Luciano Mem Porto e Elseny Dittz.

Os dissidentes, ligados ao grupo do ex-governador Orestes Quércia e a militantes ligados a Mamizuka (que trabalha para eleger Serafim para o mandato-tampão), são apenas dissidentes, diz essa fonte. “Estão fora do jogo”, acrescenta. Mas os dissidentes dizem que podem surpreender.

A provisória deve tomar posse ainda nesta semana e deve ficar por 30 dias. Após pode chamar uma convenção para eleger a Executiva.

Rose Guglielminetti

Rose Guglielminetti

Sou comentarista política da Band-Campinas. Também sou colunista do programa "Bastidores do Poder", que vai ao ar todos os dias das 13h20 às 14h, na Band Campinas. Entre tantas editorias a de Política é a das que mais me atrai. E isso fez com que me enveredasse por esse caminho ao longo de minha carreira. Como repórter de Política sempre busquei oferecer notícias de bastidores do poder. E é isso que irei procurar fazer neste blog.

Adicionar comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Arranjos com pemedebistas são muito complicados, ao fim e ao cabo Dãrio Saadi vai acabar virando quibe frito, será usado como ponta de lança para a vereança, com uma bancada robusta o poder de fogo será maior, No PMDB temos pouca carne para comensais pantagruélicos. A conferir

Mais Categorias