Projeto dá prioridade de pagamento de salário a servidores

Câmara de Vereadores
Tote Nunes
Escrito por Tote Nunes

O vereador Tenente Santini (PSD) protocolou projeto de lei que estabelece prioridade de pagamento dos vencimentos dos servidores ativos, inativos e pensionistas de Campinas sobre o pagamento mensal do prefeito, vice-prefeito, secretários e subsecretários do município.

No final do ano passado, o prefeito Jonas Donizette (PSB) decidiu parcelar o pagamento de servidores e atrasou o repasse do 13º salário. Desde então, funcionários públicos veem realizando protestos contra a medida.

Santini disse que também enviou ofício ao novo presidente da Casa, vereador Marcos Bernardelli (PSDB) que inclua os vereadores nessa relação. Desta forma, o presidente não poderia pagar os parlamentares, caso o funcionalismo não receba. Segundo ele, isso não pode ser incluído no projeto, porque cabe ao presidente tratar de questões como o subsídio do vereador.

“O salário do alto escalão vem sendo pago normalmente. Enquanto isso, os servidores ficam sem saber se vão receber ou não, comprometendo as finanças de suas famílias. É preciso valorizar e respeitar essas pessoas que trabalham para manter nossa cidade funcionando”, disse Santini.

“O recente absurdo que aconteceu com o atraso e não pagamento do 13º salário aos servidores não pode se repetir. É uma grande vergonha e prova da falta de planejamento, gestão e até má fé do Prefeito”, afirma Santini.

A prefeitura disse que foi obrigada a parcelar os salários porque teve de desembolsar cerca de R$ 480 milhões ao longo do ano, para pagar as aposentadorias.

Sobre o autor

Tote Nunes

Tote Nunes

Formado em jornalismo pela PUC-Campinas, trabalhou por dois períodos no Jornal Correio Popular e passou 11 anos na Agência Estado, do Grupo O Estado de São Paulo. Está no Metro Jornal Campinas desde agosto de 2015.

Atenção

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da autora do blog. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. A autora poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Comentários

  • O tal só se esqueceu de falar que ele nada fez nos outros meses com atrasos e parcelamentos . Nao foi a primeira vez, sequer o primeiro fim de ano que nós, servidores, passamos por isso. Antes ele era aliado ( com todas as benesses que isso implica) e votava junto com o prefeito e nada fez para nos defender, ou a população, de tantos horrores pelos quais passamos. Quem não conhece, talvez, compre. Ridículo

    • Até onde sei, esse “tal” vereador, autor deste projeto, está no seu primeiro mandato.

      Está como vereador desde 2017 e não faz parte da base do governo. Aliás, nunca fez!

      É vereador independente. Usa sua vereança em prol de todos. Não é vereador do governo!

      Ele não é, portanto, aliado do governo como você fala.

  • Nobre vereador, faça um projeto propondo a venda das empresas municipais: IMA, Sanasa, Ceasa, Ciatec, et al. Sobrará um bom caixa na Prefeitura e de quebra acabaria com o pesado cabide de empregos de seus edis colegas.

    • Nao se engane. O dinheiro de uma eventual privatização seria repartido entre os políticos. Jamais chegaria a ser usado em prol da cidade. E o cabide de emprego trocaria de estação, apenas. Como sabemos, graças às inúmeras delações da lava jato, o setor público e o privado possuem relações promíscuas em que não se distingue qm é o corrupto e quem é o corruptor.

      • Essas relações promíscuas só acontecem porque há terreno fértil para isso, muitas vezes o estado cria dificuldades pra vender facilidades. Jogue uma semente num terreno desertificado e veja se ela brota…. A única solução verdadeira é privatizar essas empresas estatais em qualquer nível, seja federal, estadual ou municipal. Privatize Já! Eis a única forma definitiva de acabar com a politicagem ou a suspeita de favorecimento por conta de interesses políticos nessas empresas. No mais, estado não tem mesmo que ser empresário, muito menos banqueiro.

  • Ja ha boatos que dia 30/01 vai atrasar de novo.
    Faltam dois anos para esse governo entrar para a historia como o pior de todos os tempos.Obrigado amigas do radio!
    Fora Jonas!!!

    • Tem um erro no seu texto. Não faltam dois anos para ele ser considerado o pior prefeito da historia de Campinas. Ele já é. E desde 2013.

  • O que o oportunista aí não sabe ou sabe e quer só aparecer é que o projeto é inconstitucional ele não pode propor projeto de lei que dispõe sobre ato típico e gestão que é privativo do Poder Executivo.

    Ou não sabe o que está fazendo lá praticando uma ato de pura incompetência ou quer iludir os funcionários públicos comum ato de pura má fé.

    A Câmara Municipal pela qualidade da maioria dos Vereadores que ali “desfilam” e por tudo que demonstram é uma espécie de Gaiola da Loucas.

    É hora de afiar a guilhotina.

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.