Início » Reitor reage a CPI e defende autonomia das universidades

Reitor reage a CPI e defende autonomia das universidades

O reitor da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), Marcelo Knobel, reagiu à proposta da Alesp ( Assembleia Legislativa de São Paulo) de instalar uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para apurar um suposto “aparelhamento de esquerda” nas universidades paulistas. 

A comissão pretende ainda alterar a gestão as universidades; investigar eventuais irregularidades na gestão e identificar “gastos excessivos com funcionários e professores”.

Marcelo Knobel disse receber com “tranquilidade” a iniciativa dos parlamentares. “Poderá ser uma oportunidade para mostrarmos a importância das universidades públicas e o que elas representam para o futuro do país”, ponderou ele.

Knobel fez questão no entanto, de lembrar dois aspectos, que ele considera fundamentais para o funcionamentos das instituições de ensino.

 “É fundamental que a gente preserve a liberdade de cátedra – para estudar, pesquisar, ensinar, falar  – e autonomia universitária, pois só com autonomia o conhecimento avança”, afirma.

O reitor diz que chegou a se espantar um pouco com a proposta, mas entende que isso é resultado da polarização política em que se transformou o país nos últimos anos. 

“A universidade deve ser justamente o que está faltando no país: um espaço onde as pessoas possam se expressar de forma livre”, afirmou.

Ideológico

O autor da proposta, deputado Wellington Moura (PRB), nega que a CPI não possui caráter ideológico. 

“O estado investe R$ 9 bilhões nas universidades e tem o direito de saber onde vai esse dinheiro, e isso inclui dados como salário acima do teto e número de funcionários”, disse ele. 

Rose Guglielminetti

Sou comentarista política da Band-Campinas. Também sou colunista do programa "Bastidores do Poder", que vai ao ar todos os dias das 13h20 às 14h, na Band Campinas. Entre tantas editorias a de Política é a das que mais me atrai. E isso fez com que me enveredasse por esse caminho ao longo de minha carreira. Como repórter de Política sempre busquei oferecer notícias de bastidores do poder. E é isso que irei procurar fazer neste blog.

Adicionar comentário

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.