Administração municipal

Sai o edital do Convivência; propostas serão conhecidas em 12/02

Rose Guglielminetti
Escrito por Rose Guglielminetti

A prefeitura de Campinas publicou hoje (09/01) o edital de licitação que traz o detalhamento da obra e o projeto executivo da reforma do CCCC (Centro de Convivência Cultural de Campinas) – um dos mais importantes equipamentos culturais da cidade e que está fechado desde o final de 2011.

A previsão é que em 12 de fevereiro seja feita a disputa entre as empresas que se interessarem pela obra, com a apresentação das propostas.

“O material está todo  detalhado no edital para que as empresas que queiram concorrer para fazer a obra saibam exatamente o que deve ser feito”, explica o secretário de Cultura de Campinas, Ney Carrasco. Orçada em R$ 41 milhões, a obra tem início previsto ainda neste primeiro semestre e  prazo de 24 meses para execução. 

A área total do CCCC é de cerca de 6,3 mil m2, sendo cerca de 4 mil externa (Teatro de Arena) e 2 mil de área interna –  sala de espetáculos e a galeria. O espaço foi construído em 1976.

O convênio

Os recursos para a reforma do Centro de Convivência foram garantidos com o Governo do Estado, por meio de um convênio assinado em 2018. O projeto para a reforma do local, foi realizado pela empresa Falcão Bauer, a partir de um Termo de Acordo de Compromisso (TAC) firmado com a Prefeitura.

Na época, vários testes foram realizados para confirmar que a estrutura do anfiteatro, do teatro subterrâneo e demais instalações que compõem o Centro de Convivência, não estavam comprometidas e tinham condições estruturais que suportassem sua utilização. Em dezembro de 2014, a Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas se apresentou no Teatro de Arena em um concerto de final de ano para celebrar a boa notícia de que a demolição havia sido descartada.

Além da recuperação de todas as estruturas do Centro de Convivência, novos equipamentos serão instalados, com adequação às normas de segurança do Corpo de Bombeiros para espaços de grande circulação de pessoas. Na revitalização serão valorizadas as estruturas da área cênica, de iluminação e acústica do teatro. As informações são da Assessoria de Imprensa da prefeitura.

Sobre o autor

Rose Guglielminetti

Rose Guglielminetti

Sou comentarista política da Band-Campinas. Também sou colunista do programa "Bastidores do Poder", que vai ao ar todos os dias das 13h20 às 14h, na Band Campinas. Entre tantas editorias a de Política é a das que mais me atrai. E isso fez com que me enveredasse por esse caminho ao longo de minha carreira. Como repórter de Política sempre busquei oferecer notícias de bastidores do poder. E é isso que irei procurar fazer neste blog.

Atenção

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da autora do blog. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. A autora poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

1 Comentário

  • Mais dinheiro dos pagadores de impostos será jogado no ralo. Deveriam demolir tudo e começar do zero, seria muito mais barato. Não precisa ser gênio pra saber o que vai acontecer… Todos aqueles que já fizeram reformas em imóveis antigos sabem que há coisas que só se descobrem durante o andamento da obra. Pra não variar, vão descobrir coisas que não estavam previstas e, portanto, não contempladas no edital. O que vai acontecer, alguém da empresa vai chegar ao prefeito e dizer, olha descobrimos isso, isso, isso e mais isso que não estavam previstos no edital. Pra gente resolver, temos de fazer um aditamento no contrato. O contrato que era previsto gastar 10, precisar de mais 40, o prefeito vai dizer que não tem dinheiro, vai pedir pro Estado, que não vai liberar o dinheiro por questões políticas – Jonas do PSB apoiou o derrotado Marcio França -, então a empresa vai abandonar a obra e teremos um belo esqueleto que ficará para o próximo prefeito resolver, se é que vai resolver…

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.