Aqui política se discute.
Início » Saúde confirma epidemia de dengue em Campinas

Saúde confirma epidemia de dengue em Campinas

A Saúde de Campinas confirmou ontem que a cidade já vive uma epidemia de dengue. O número de casos superou o do ano passado. Nos primeiros três messes deste ano, foram registrados 526 casos da doença, ante 301 em 2018.

O médico epidemiologista da Saúde André Ribas Freitas disse que outra preocupação é a presença do sorotipo 2 – que já circulou nos anos de 2011 e 2012, com menor incidência. Nas epidemias de 2014 e 2015, por exemplo, o responsável pela doença era o sorotipo 1. “A dengue tem um padrão de ocorrência que se repete a cada 3 a 5 anos. Tivemos epidemias em 2014 e 2015 e os anos de 2016, 2017 e 2018 foram tranquilos. Agora os casos estão voltando e a tendência é de aumento. O mais importante é a dinâmica da doença que tem sido registrada em várias regiões da cidade”, explicou ele. 

O médico pede para que a população abra as portas da sua residência para a aplicação de inseticida para matar o mosquito Aedes aegypti na fase adulta. “Encontramos dificuldade para fazer a nebulização. Deixar as chaves com o vizinho é uma boa opção”, disse ele, que acrescentou  ainda que se o paciente tiver febre, dores abdominais intensas e frequentes e vômitos repetidos deve procurar uma unidade de saúde. 

 Já os casos de chikungunya e zika diminuíram. Em 2018, foram confirmados 17 casos de zika e 21 de chikungunya. Neste ano, foram 3 casos de zika e 1 de chikungunya.

Alta em SP e no Brasil

O número dos casos notificados de dengue cresceu 264% no Brasil na comparação entre as 11 primeiras semanas de 2018 e 2019 – passando de 62,9 mil para 229 mil ocorrências –, segundo divulgou ontem o Ministério da Saúde. 

Um dos responsáveis pela expansão é o Estado de São Paulo, que registrou aumento de 2.124% (a maior alta do país) e viu a soma das notificações pular de 3,7 mil casos no começo do ano passado para 83 mil neste ano.

São Paulo também tem puxado para cima as mortes. O estado contabilizou 31 óbitos em função da doença em 2019 – o que representa metade dos 62 casos no país.

Segundo a direção do CVE (Centro de Vigilância Epidemiológica), o número de casos confirmados de dengue é menor (são 40.721). 

Rose Guglielminetti

Rose Guglielminetti

Sou comentarista política da Band-Campinas. Também sou colunista do programa "Bastidores do Poder", que vai ao ar todos os dias das 13h20 às 14h, na Band Campinas. Entre tantas editorias a de Política é a das que mais me atrai. E isso fez com que me enveredasse por esse caminho ao longo de minha carreira. Como repórter de Política sempre busquei oferecer notícias de bastidores do poder. E é isso que irei procurar fazer neste blog.

2 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rose Guglielminetti

Rose Guglielminetti

Sou comentarista política da Band-Campinas. Também sou colunista do programa "Bastidores do Poder", que vai ao ar todos os dias das 13h20 às 14h, na Band Campinas. Entre tantas editorias a de Política é a das que mais me atrai. E isso fez com que me enveredasse por esse caminho ao longo de minha carreira. Como repórter de Política sempre busquei oferecer notícias de bastidores do poder. E é isso que irei procurar fazer neste blog.

Marcos Andrade

Marcos Andrade

Marcos Andrade é formado em jornalismo pela Unesp e pós graduado em Gestão da Comunicação em Mídias Digitais pelo Senac. Com passagens pelas rádios Band News FM e Bandeirantes de Campinas, é produtor do programa Bastidores do Poder da Band Campinas desde 2016.

Zezé de Lima

Zezé de Lima

Jornalista que começou no Diário do Povo, quando a sede era na César Bierrembach, e com histórias no Jornal de Domingo e Correio Popular. Na última década, já fiz de tudo na Band Campinas. Hoje posso fazer só o que gosto.

Mais Categorias