Aqui política se discute.
Início » Saúde muda gestão de vagas para reduzir espera por leitos

Saúde muda gestão de vagas para reduzir espera por leitos

A Secretaria de Saúde do estado de São Paulo anunciou ontem o primeiro núcleo regional da Cross (Central de Regulação de Oferta de Serviços) fora da capital, em Campinas. O núcleo será responsável por regular o atendimento em 42 cidades vizinhas. Com a mudança, que entra em vigor em 60 dias, a expectativa é que o atendimento seja mais rápido e que os hospitais da região sejam melhor utilizados. A previsão é que a central receba 6 mil solicitações de regulação por mês. Hoje, só Campinas, recebe 3 mil pedidos mensais.

“Era concentrada em São Paulo e gerou uma onda de reclamações, não porque ele era ruim, mas porque era distante”, explica o secretário estadual da Saúde, Marco Antonio Zago.

A central ficará no prédio do Departamento Regional de Saúde, na Orosimbo Maia, e vai funcionar por 24 horas – ampliação em relação a serviço realizado hoje pelo município, que regula vagas internamente até as 22h.

“Tínhamos muitos problemas de madrugada. Vinham pacientes de fora e não havia vaga. Aí ia resolver apenas de manhã”, explica o secretário de Saúde de Campinas, Carmino de Souza.

Para ele, a regionalização da regulação trará benefícios a todos os municípios e agilizará o serviço.
“O grande avanço é para toda região metropolitana. Queremos que o máximo de municípios e instituições que tenham disponibilidades com leitos ociosos sejam acionados, para otimizar o serviço”, completa.

Para se chegar ao modelo, foi realizado um mapeamento nas 42 cidades da região de serviços do Departamento Regional de Saúde, com ajuda dos prefeitos e secretários de saúde dos municípios. A proposta é criar uma rede de unificação de vagas, de maneira em que cada paciente seja deslocado para o hospital mais próximo que atenda às necessidades de seu diagnóstico. Com isso, a intenção é também reduzir outros dois fatores que hoje existem: leitos ociosos em alguns municípios e uso indevido de leitos de alta complexidade – liberando-os de forma antecipada e aumentando a circulação de pacientes.

“Do total, 80% dos que estão nos pronto-socorros não deveriam estar lá. Esse esforço de estruturar a rede é no sentido de dar retaguarda ao hospital. O hospital é a ponta. É o último passo”, explica Souza.
Hoje, Campinas possui sua própria central de regulação de vagas, mas agora, estará interligada com os demais municípios. No total, a cidade conta com cerca de 1 mil leitos regulados. Com a criação do núcleo, segundo o secretário, só na cidade haverá ampliação de cerca de 65% na oferta, em virtude da entrada de leitos do HC da Unicamp.

A gestão da Cross regional será feita pela Seconci (Serviço Social da Construção Civil do estado de São Paulo), que já é gestora de hospitais e AMEs (Ambulatórios Médicos de Especialidades).

No total, 16 profissionais de Campinas atuarão no núcleo, que recebeu investimentos de R$ 838,6 mil para adequações estruturais e terá um custeio mensal de R$ 530,9 mil.

Rose Guglielminetti

Rose Guglielminetti

Sou comentarista política da Band-Campinas. Também sou colunista do programa "Bastidores do Poder", que vai ao ar todos os dias das 13h20 às 14h, na Band Campinas. Entre tantas editorias a de Política é a das que mais me atrai. E isso fez com que me enveredasse por esse caminho ao longo de minha carreira. Como repórter de Política sempre busquei oferecer notícias de bastidores do poder. E é isso que irei procurar fazer neste blog.

Adicionar comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rose Guglielminetti

Rose Guglielminetti

Sou comentarista política da Band-Campinas. Também sou colunista do programa "Bastidores do Poder", que vai ao ar todos os dias das 13h20 às 14h, na Band Campinas. Entre tantas editorias a de Política é a das que mais me atrai. E isso fez com que me enveredasse por esse caminho ao longo de minha carreira. Como repórter de Política sempre busquei oferecer notícias de bastidores do poder. E é isso que irei procurar fazer neste blog.

Marcos Andrade

Marcos Andrade

Marcos Andrade é formado em jornalismo pela Unesp e pós graduado em Gestão da Comunicação em Mídias Digitais pelo Senac. Com passagens pelas rádios Band News FM e Bandeirantes de Campinas, é produtor do programa Bastidores do Poder da Band Campinas desde 2016.

Zezé de Lima

Zezé de Lima

Jornalista que começou no Diário do Povo, quando a sede era na César Bierrembach, e com histórias no Jornal de Domingo e Correio Popular. Na última década, já fiz de tudo na Band Campinas. Hoje posso fazer só o que gosto.

Mais Categorias