Início » Sellin descarta ser candidato a presidente do PMDB

Sellin descarta ser candidato a presidente do PMDB

O líder de governo, Francisco Sellin (PMDB), descartou hoje ser candidato a presidente do PMDB em Campinas. Na semana passada, o secretário-chefe de Gabinete, Alcides Mamizuka, disse que levaria o nome do peemedebista ao presidente da Executiva Estadual, Baleia Rossi, como uma possibilidade da ala dissidente da atual executiva do partido, liderada por Arnaldo Salvetti.

A atual Executiva indicou o nome do vereador Dário Saadi para comandar a sigla até o fim do ano. O grupo ligado a Mamizuka tenta buscar um outro nome. E agora com a negativa de Sellin, Mamizuka terá de buscar uma outra alternativa.

Rose Guglielminetti

Rose Guglielminetti

Sou comentarista política da Band-Campinas. Também sou colunista do programa "Bastidores do Poder", que vai ao ar todos os dias das 13h20 às 14h, na Band Campinas. Entre tantas editorias a de Política é a das que mais me atrai. E isso fez com que me enveredasse por esse caminho ao longo de minha carreira. Como repórter de Política sempre busquei oferecer notícias de bastidores do poder. E é isso que irei procurar fazer neste blog.

Adicionar comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Isso só confirma o texto abaixo:

    PMDB DE CAMPINAS: A UNICA SALVAÇÃO É A ELEIÇÃO DE UM NOVO DIRETÓRIO MUNICIPAL.

    Não existe outra solução para o PMDB de Campinas a não ser o voto da militância, os filiados devem ser chamados para decidirem o futuro do partido elegendo um novo Diretório Municipal. Ai sim, neste caso, teremos uma direção do PMDB com legitimidade para decidir os rumos do PMDB para o futuro em Campinas.

    Que legitimidade tem atual direção do PMDB de ir em qualquer evento representar o partido? Nenhuma, mesmo que o prazo da atual Comissão Provisória não tivesse vencido, esta direção que ai esta ja não tem mais legitimidade política para continuar dirigindo o PMDB. Comissão Provisória é para preparar uma eleição de Diretório Municipal em um processo de transição, o PMDB é um partido de história e não pode ficar de provisórias a vida toda, isto macula a imagem do partido perante a opinião pública.

    Pensem bem? Porque a atual Comissão Provisória não convocou uma eleição para o Diretório Municipal de Campinas do PMDB ainda nos primeiros 90 dias de sua interinidade? Porque? Porque nunca teve segurança que venceria, então procurou empurrar com a barriga a situação para confortavelmente negociar os preciosos minutos do PMDB em uma campanha eleitoral em beneficio única e exclusivamente de um grupo restrito de dirigentes partidários e dos interesses do Prefeito de Indaiatuba que ambiciona se tornar líder regional. Acontece que Campinas não é Indaiatuba e o PMDB é partido que não pode ser tratado como uma simples legenda de aluguel, os filiados históricos da partido não aceitam essa situação e ponto final.

    Então nobres dirigentes do PMDB, Diretório Estadual, a melhor coisa afazer neste momento, aliás a mais digna é eleger um novo Diretório Municipal, ir para o voto, aliás como é a tradição no PMDB.

  • Caro Flavinho
    Quando vc estava na Secretaria de Renda e Trabalho em uma assessoria ganhando como assessor um salário não condizente com a sua formação vc nunca defendeu o PMDB com tanta garra. Agora que é Diretor de uma administração tão “conceituada” ganhando seus R$9.000 admiro sua preocupação se terá eleição no diretório do PMDB. Qual será o verdadeiro motivo que está por traz disso tudo.Não é por causa do cargo de diretor??Me admiro vc que era tão resistente a ter um projeto do PMDB a uma candidatura própria agora quer entregar o PMDB para as mãos de outros que não são peemedebistas. Qual é a sua verdadeira bandeira?De um Diretor ou de um simples assessor peemedebista?

Mais Categorias