Início » Sem recursos, Unicamp veta Hospital de Campanha na universidade para combate ao coronavírus

Sem recursos, Unicamp veta Hospital de Campanha na universidade para combate ao coronavírus

A direção da Unicamp vetou nesta quarta-feira (08/04), a instalação de um Hospital de Campanha para atendimento de pacientes da covid-19, cujos equipamentos são doados pelo ONG Médicos Expedicionários.

Segundo o reitor da universidade, Marcelo Knobel, a decisão se dá por dois motivos. O primeiro é que a Unicamp não tem condições de arcar com o custeio de um hospital com capacidade para 100 leitos. E o segundo porque a universidade quer focar no atendimento de pacientes de alta complexidade.

Desde o início deixamos claro que poderíamos ceder o espaço, mas não teríamos condições de colocar dinheiro para contratar médicos, enfermeiros e comprar insumos. Esse hospital precisa de alguns milhões e não temos condições financeiras. Antes da covid-19, a nossa estimativa era de um déficit de r$ 250 milhões. E em todas as tratativas não ficou claro quem vai assumir o custeio e não posso assumir essa despesa”

Marcelo Knobel, reitor da Unicamp

O hospital seria instalado no Ginásio da Unicamp e iria atender pacientes de média complexidade. “Também decidimos nos focar naquilo que somos especialistas, que é o atendimento de alta complexidade. Esse hospital é fundamental e pode ser instalado em outra região”, disse o reitor.

Tanto o prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), quanto o secretário de Saúde, Carmino de Sousa, disseram durante a live feita nesta quarta-feira (08/04) que vão falar com o reitor para tentar reverter a decisão. “A situação (financeira) da prefeitura é mais complicada que a Unicamp. Temos de nos arriscar um pouco mais com os números porque precisamos salvar vidas”, disse o prefeito.

Na semana passada, a Prefeitura de Campinas recebeu cerca de R$ 14 milhões do governo do Estado para investir em ações no combate ao coronavírus, como, por exemplo, Hospital de Campanha.

Rose Guglielminetti

Rose Guglielminetti

Sou comentarista política da Band-Campinas. Também sou colunista do programa "Bastidores do Poder", que vai ao ar todos os dias das 13h20 às 14h, na Band Campinas. Entre tantas editorias a de Política é a das que mais me atrai. E isso fez com que me enveredasse por esse caminho ao longo de minha carreira. Como repórter de Política sempre busquei oferecer notícias de bastidores do poder. E é isso que irei procurar fazer neste blog.

3 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Noticia interessante esta. A Unicamp não tem verba….mas em algum instante cogitou cortar aposentadorias milionárias e os salários de 36 mil reais por um tempo limitado e pelo menos para dar inicio às operações deste hospital ?

    Parece que não….belo exemplo.

    FORAAAAA JONAS !!!

  • Prefeitura recebeu do governo 14 milhões para combater a epidemia e o Prefeito autoriza o gasto de 16 milhões em publicidade?????????????????????????????????????????????

  • Tremendo ABSURDO isso… Nessa crise, os MARAJÁS no cabidão da unicamp, recebem seu salários obscenos pontualmente, além dos altos gastos que a adm tem…Mas hospital não tem dinheiro…. Ridículos e irresponsáveis!

Mais Categorias