ELEIÇÃO SUPLEMENTAR PAULÍNIA

Suposta compra de votos em Paulínia vira caso de polícia

Rose Guglielminetti
Escrito por Rose Guglielminetti

A quatro dias da eleição suplementar de Paulínia marcada para este domingo (1/09), uma suposta compra de votos acabou virando caso de polícia ontem (28/08) em Paulínia. O BO (Boletim de Ocorrência), registrado na delegacia da cidade, acusa vereador Marcelo D2 (PROS) de ter pago R$ 50,00 por pessoa para gravação de vídeos e voto na candidata à prefeitura Nani Moura (MDB). Nani nega a denúncia e diz que é uma tentativa da oposição para prejudicar a sua candidatura.

A denúncia foi feita por Vlaudmir Luciano Firmino, responsável pelo Instituto Comunitário Benedito Aguiar.

De acordo com o BO, o vereador Marcelo D2 teria pago R$ 50,00 para cada uma das cinco pessoas que estavam neste local. Do grupo, dois são adolescentes – que estiveram na delegacia para lavrar a denúncia.

Segundo eles, cada um recebeu R$ 50,00 para gravarem um vídeo e votarem em Nani. Os denunciantes disseram que a candidata estava no local.

Já Vladimir reproduziu um diálogo que teve com Marcelo D2. “Pedi diversas vezes para você me ajudar nesse projeto, que está abandonado. Não fez nada. Agora vem com essa moça aqui prejudicar a gente. A gente não aceita política aqui.” Ao que Marcelo D2 respondeu: “Não vamos tirar vocês daqui . E se for será para um lugar melhor. A gente fez vídeo e vamos por no ar.”

Os denunciantes disseram ainda que após Vladimir avisar Marcelo D2 que iria registrar um boletim de ocorrência, ele teria pedido às pessoas que supostamente teriam recebido o dinheiro para que não fizessem isso.

Vereador denunciado por compra de votos à Polícia

Outro lado

A candidata a prefeita pelo MDB, Nani Moura, disse que desconhece essa denúncia. “Eu oriento toda a minha equipe que compra de votos é crime. E isso nunca aconteceu. Do primeiro dia até o final, a minha campanha será limpa”, disse Nani. Para ela, a denúncia tem o objetivo de prejudicar a sua candidatura. “A oposição está desesperada, a todo o tempo eles ficam tentando montar vídeos e falas para prejudicar a minha campanha”, alertou a candidata.

A assessoria do vereador Marcelo D2 informou que “Ainda não recebemos notificação, assim que chegar iremos nos pronunciar.”

Sobre o autor

Rose Guglielminetti

Rose Guglielminetti

Sou comentarista política da Band-Campinas. Também sou colunista do programa "Bastidores do Poder", que vai ao ar todos os dias das 13h20 às 14h, na Band Campinas. Entre tantas editorias a de Política é a das que mais me atrai. E isso fez com que me enveredasse por esse caminho ao longo de minha carreira. Como repórter de Política sempre busquei oferecer notícias de bastidores do poder. E é isso que irei procurar fazer neste blog.

Atenção

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da autora do blog. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. A autora poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

1 Comentário

  • Surreal hein. O pobre rapaz tem passagem na polícia. Sem contar que tem mais 6 testemunhas falando que ofereceram dinheiro para eles mentirem, e só os 2 aceitaram. Mas duvido que vc tenha coragem de publicar esse comentário.

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.