IMPEACHMENT

Veja os próximos passos do processo de impeachment de Jonas

Tote Nunes
Escrito por Tote Nunes

Terminado o período de instrução – com as oitivas de testemunhas de acusação e defesa e o depoimento do prefeito, hoje (07/02) – o processo de impeachment contra Jonas Donizette (PSB) entra a partir de agora em uma nova fase. Jonas terá prazo de cinco dias úteis para as chamadas “alegações finais” – quando fará eventuais apontamentos ou detalhamento da defesa. O prazo deve contar a partir de amanhã (08/02). Com isso, as alegações devem ser entregues à CP no dia 14 de fevereiro.

A partir da devolução, o presidente da Comissão Processante, vereador Luiz Henrique Cirilo (PSDB), terá um período para verificação de toda a documentação do processo. Em seguida, entrega ao relator, vereador Gilberto Cardoso – o Vermelho (PSDB), para que possa iniciar a elaboração do relatório.

Vermelho disse que deve levar perto de 10 dias para concluir esse trabalho. “Acho que (o relatório) estará pronto entre os dias 26 e 28 de fevereiro”, disse ele. Em seguida, o documento será levado ao plenário para votação.

Antes da votação, porém, está prevista a leitura de todo o processo, o que pode levar de dois a quatro dias, de acordo com a estimativa feita pela CP.

Sobre o autor

Tote Nunes

Tote Nunes

Formado em jornalismo pela PUC-Campinas, trabalhou por dois períodos no Jornal Correio Popular e passou 11 anos na Agência Estado, do Grupo O Estado de São Paulo. Está no Metro Jornal Campinas desde agosto de 2015.

Atenção

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da autora do blog. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. A autora poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

1 Comentário

  • Eu continuo querendo uma explicação de porque o Deputado Carlos Sampaio nomeou na secretaria de esporte de Paulínia o comissionado José Edgard Raffi Kaysel pai da Juliana Kaysel esposa do vereador Marcelo Silva muito estranho isso. Qual seria o acordo ? Será que a troca de favores é para unir forças e conquistar a Prefeitura em 2020. Essa politica é muito suja o Carlão dorme com um e anda abraçado com outro, onde isso vai parar.

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.