Início » Vereador Paulo Gaspar consegue o impossível na Câmara

Vereador Paulo Gaspar consegue o impossível na Câmara

Depois de muitos anos de uma Câmara que sempre barrou qualquer iniciativa de vereadores da oposição e do chamado grupo independente, o vereador Paulo Gaspar (Novo) conseguiu o impossível ao emplacar uma emenda modificativa ao projeto de lei que que vai permitir ao micro empreendedor fazer empréstimos a juros baixos, dentro do programa “Recomeça”. Gaspar está no chamado grupo dos independentes.

De acordo com a proposta, os beneficiários poderão acessar o empréstimo apenas tendo um pedido de alvará tramitando na prefeitura. “O PL originalmente dizia que os beneficiados precisavam ter alvará, o que excluiria muita gente, até mesmo por causa da demora do processo. Então, com a emenda, basta que a pessoa tenha protocolado o pedido de alvará na prefeitura: a apresentação do protocolo já possibilitará a participação no Recomeça”, disse o parlamentar.

Será que a base vai começar a aprovar projetos da oposição e dos independentes?

Rose Guglielminetti

Sou comentarista política da Band-Campinas. Também âncora do programa "Bastidores do Poder", da Rádio Bandeirantes de Campinas, que vai ao ar todos os dias das 10h às 11h30. Entre tantas editorias a de Política é a das que mais me atrai. E isso fez com que me enveredasse por esse caminho ao longo de minha carreira. Como repórter de Política sempre busquei oferecer notícias de bastidores do poder. E é isso que irei procurar fazer neste blog.

3 comentários

  • Espero que sim Rosi, precisamos acabar com essa velha politica de interesses pessoais e partidários e direcioná-las para os interesses da população, do contribuinte, daquele que trabalha, paga os impostos e precisa receber o retorno em benfeitoria.

  • Eu sou Priscila, Rosi, sou mae, profissional, cidadã, acompanho seu trabalho, te parabenizo e fui eu a responsável pela mensagem acima, não sou anônima, apenas erroneamente não informei.

  • Não adianta ser oposição só pelo fato de ser oposição, como também não adianta se intitular independente de feto, mas não de fato. Além das várias atribuições, o vereador, que se preze, tem o dever de fiscalizar o executivo municipal, coisa que nos últimos anos não está acontecendo com a grande maioria dos vereadores. São eleitos por “N” partidos e o jogo de interesses políticos e econômicos acabam influenciando na sua maneira de agir e de pensar, sendo que a grande maioria (vereadores e seus partidos) acabam mudando para o lado que trará maiores benefícios. Sempre isso aconteceu, acontece e cabe a população mudar a história, para que não aconteça no futuro.

    Com relação ao vereador Paulo, foi uma excelente iniciativa, porém, que vem de encontro aos interesses do governo atual. Neste caso a emenda, provavelmente, não teve muita discordância com o grupo dos “ratos” que habitam a câmara municipal.
    Com relação ao partido Novo, será que na hora que tiver mais de 3 vereadores, não irá virar um novo PSD (Roedor de corda)? Só o tempo dirá!

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.